User Rating: 0 / 5

Inquérito sobre os hábitos de leitura das famílias portuguesas

Infografia HabitosLeitura Creditos McDon

O inquérito “O que leem os nossos filhos” – uma sondagem que analisa os hábitos de leitura das famílias portuguesas, com crianças e jovens entre os 5 aos 15 anos. Considerando um universo de 1000 pais, com o intuito de promover um momento de reflexão sobre a forma como leem as famílias portuguesas e a importância da leitura, nas suas mais variadas formas e formatos, no desenvolvimento cognitivo das nossas crianças. Das diferentes conclusões do inquérito, destaca-se que só cerca de metade dos pais português têm hábitos de leitura com os filhos e apontam a falta de tempo como principal razão para não o fazerem.

PRINCIPAIS CONCLUSÕES

Principais conclusões do estudo, ao nível dos pais:

  • 51% não tem atualmente hábitos de leitura, essencialmente por falta de tempo. Ainda que 90% leia ou tenha tido o hábito de ler aos seus filhos, 93% considera ouvir histórias desde pequenos como fator importante para o desenvolvimento de bons hábitos de leitura nas crianças.
  • O momento preferencial para ler aos filhos é ao deitar: 66% dos pais levam livros para os filhos nas férias, ainda que apenas 6% dê um livro quando vão jantar fora contra os 24% que dão o telemóvel.
  • 77% dos pais consideram que é muito importante desenvolver hábitos de leitura já que é uma mais-valia para o desenvolvimento pessoal e 88% consideram que tem impacto positivo no aproveitamento escolar.
  • O papel é o suporte preferido para adultos.

Principais conclusões do estudo, ao nível dos filhos:

  • 67% das crianças que sabem ler, têm hábitos de leitura. 86% lê pelo menos 1 vez por semana.
  • Os livros de Aventuras e os Clássicos Infantis são os preferidos e o papel é o suporte preferido.
  • Os pais têm influência nos hábitos de leitura dos filhos, entre os pais com hábitos de leitura 71% dos filhos tem hábitos de leitura (+4% que o total). Entre os pais que costumavam ler para os filhos 68% dos filhos tem hábitos de leitura (+1% que o total).
  • A leitura surge como a 5ª atividade de tempos livres para os miúdos com 26% de referências. O uso e consumos multimédia obtém o 4º lugar com 64%.
  • Concluiu-se também que a % de crianças com bom aproveitamento escolar é superior junto das crianças que tem hábitos de leitura.

Estas conclusões demostram que é importante apoiar os pais a encorajarem as crianças a ler, estimular a sua imaginação e tornar a leitura num momento divertido e partilhado em família, bem como providenciar um maior acesso a livros.