User Rating: 0 / 5

Telemóvel na sala de aula: sim ou não?

Telemovel na sala de aula

A pergunta tem muitos destinatários possíveis, com níveis de responsabilidade variados: os alunos, os pais, os professores, os autores de regulamentos escolares, os directores de escola ou agrupamento, os legisladores, a sociedade em geral. A pergunta é colocada pela realidade: os telemóveis – entendidos como os modernos smartphones – são hoje objectos de uso generalizado, em particular pelos jovens em idade escolar, que em muitos casos têm dificuldade em separar-se deles. Trata-se de uma tecnologia poderosa. Levar um dispositivo destes para a sala de aula é o mesmo que colocar, sobre a mesa, telefone, leitor e gravador de áudio, leitor e gravador de vídeo, máquina fotográfica, câmara de filmar, jogos de vídeo, jogos de tabuleiro, baralho de cartas, televisão, rádio, jornais, dicionário, enciclopédia, atlas e, last but not least, um aparelho que permite a comunicação pessoal permanente e instantânea por vários canais. Percebe-se a dimensão do problema que está posto (abrir documento).