Cartão Escolar

User Rating: 3 / 5

 

 2º ciclo

 

No âmbito da sua autonomia, as escolas têm liberdade de organizar os tempos letivos na unidade que considerem mais conveniente desde que respeitem as cargas horárias semanais constantes do quadro infra. Os tempos apresentados correspondem aos tempos mínimos por área disciplinar e disciplinas, pelo que não podem ser aplicados apenas os mínimos, em simultâneo, em todas as disciplinas.

O tempo a cumprir é realizado pelo somatório dos tempos alocados às diversas disciplinas, podendo ser feitos ajustes de compensação entre semanas: ajustes de compensação entre semanas:

Componentes do currículo Carga Horária Semanal (a)
5.º ano 6.º ano total do ciclo
Áreas disciplinares Línguas e Estudos Sociais (b) 500 (b) 500 1 000
Português;      
Inglês;      
História e Geografia de Portugal;      
Matemática e Ciências (c) 350 (c) 350 700
Matemática;      
Ciências Naturais;      
Educação Artística e Tecnológica (d) 270 (d) 270 540
Educação Visual;      
Educação Tecnológica;      
Educação Musical      
Educação Física; 135 135 270
Educação Moral e Religiosa (e) (45) (45) (90)
Tempo a cumprir

1 350

(1 395)

1 350

(1 395)

2 700

(2 790)

Oferta complementar (f)  (f)  
Apoio ao Estudo (g)  200 200  400

(a) Carga letiva semanal em minutos, referente a tempo útil de aula, ficando ao critério de cada escola a distribuição dos tempos pelas diferentes disciplinas de cada área disciplinar, dentro dos limites estabelecidos — mínimo por área disciplinar e total por ano ou ciclo.
(b) Do total da carga, no mínimo, 250 minutos para Português.
(c) Do total da carga, no mínimo, 250 minutos para Matemática.
(d) Do total da carga, no mínimo, 90 minutos para Educação Visual.
(e) Disciplina de frequência facultativa, nos termos do artigo 15.º, parte final, com carga fixa de 45 minutos.
(f) Frequência obrigatória para os alunos, desde que criada pela escola, em função da gestão do crédito letivo disponível, nos termos do artigo 12.º.
(g) Oferta obrigatória para a escola, de frequência facultativa para os alunos, sendo obrigatória por indicação do conselho de turma e obtido o acordo dos encarregados de educação, nos termos do artigo 13.º.

Se da distribuição das cargas em tempos letivos semanais resultar uma carga horária total inferior ao tempo a cumprir, o tempo sobrante é utilizado no reforço de atividades letivas da turma.

 

Parte B

A presente matriz curricular apresenta, para referência e para efeito exemplificativo, a carga horária semanal organizada em períodos de 45 minutos, assumindo a sua distribuição semanal e por anos de escolaridade um caráter indicativo para as escolas:

Componentes do currículo Carga Horária Semanal (a)
5.º ano 6.º ano total do ciclo
Áreas disciplinares Línguas e Estudos Sociais (b) 12 (b) 12 24
Português;      
Inglês;      
História e Geografia de Portugal;      
Matemática e Ciências (c) 9 (c) 9 18
Matemática;      
Ciências Naturais;      
Educação Artística e Tecnológica (d) 6 (d) 6 12
Educação Visual;      
Educação Tecnológica;      
Educação Musical;      
Educação Física; 3 3 6
Educação Moral e Religiosa (e) (1) (1) (2)
Tempo a cumprir

30

(31)

30

(31)

60

(62)

Oferta complementar (f) (f)  
Apoio ao Estudo (g) 5 5 10

(a) Carga horária semanal organizada em períodos de 45 minutos, assumindo a sua distribuição por anos de escolaridade um caráter indicativo. Em situações justificadas, a escola poderá utilizar uma diferente organização da carga horária semanal dos alunos, devendo contudo respeitar os totais por área curricular e ciclo, assim como o máximo global indicado para cada ano de escolaridade.
(b) Do total da carga, no mínimo, 6 × 45 minutos para Português.
(c) Do total da carga, no mínimo, 6 × 45 minutos para Matemática.
(d) Do total da carga, no mínimo, 2 × 45 minutos para Educação Visual.
(e) Disciplina de frequência facultativa, nos termos do artigo 15.º, parte final, com carga fixa de 1 × 45 minutos.
(f) Frequência obrigatória para os alunos, desde que criada pela escola, em função da gestão do crédito letivo disponível, nos termos do artigo 12.º
(g) Oferta obrigatória para a escola, de frequência facultativa para os alunos, sendo obrigatória por indicação do conselho de turma e obtido o acordo dos encarregados de educação, nos termos do artigo 13.º.

 

 


Anexos:
Download this file (Decreto-Lei n139_2012 de 5 de julho.pdf)Decreto-Lei n139_2012 de 5 de julho.pdf[Diário da República, 1.ª série — N.º 129 — 5 de julho de 2012]272 kB
Download this file (Decreto-Lei n176_2014 de 12 de dezembro.pdf)Decreto-Lei n176_2014 de 12 de dezembro.pdf[Diário da República, 1.ª série — N.º 240 — 12 de dezembro de 2014]191 kB
Download this file (LivroCompetenciasEssenciais.pdf)LivroCompetenciasEssenciais.pdf[Currículo Nacional do Ensino Básico - Competências Essenciais]837 kB